Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies, mas também pode gerenciar as preferências.
Saiba mais
Centro de conhecimento da BenQ
Cores definidas?

Como poderíamos definir a cor de uma maneira "precisa"? Antes de avançar este tópico, vamos falar um pouco mais sobre por que a definição de cores é importante para fotógrafos, designers, profissionais de imagem, pessoas nas indústrias têxteis e muito mais.

 

Quando tentamos descrever uma cor, a maneira mais comum de fazer isso é fazer referência a um objeto com a cor em mente. Por exemplo, quando descrevemos a cor "vermelho", as pessoas geralmente usam "maçã" para descrever "vermelho". Mas de que tipo de maçã estamos falando? Estamos pensando na mesma maçã? Olhe para a imagem 1, existem pelo menos sete tons diferentes de "vermelho" entre diferentes variedades de maçã. Sem mencionar o último; Não é nem vermelho! Portanto, existem discrepâncias quando usamos objetos para descrever cores. E precisamos encontrar uma maneira de reduzir as discrepâncias em uma comunicação.

Os humanos tendem a usar "números" para expressar uma medida precisa. Por exemplo, usamos números para descrever o comprimento, o peso etc. Portanto, precisamos de uma maneira de expressar as cores na forma numérica, então poderíamos dizer que a cor A e a cor B são as mesmas porque elas têm os mesmos valores numéricos. Em 1913, a CIE (Commission Internationale de l'Eclairage) definiu valores de Tristimulus (valores XYZ) para quantificar as cores que os humanos podem perceber. Os valores de XYZ são construídos pela multiplicação dos três atributos seguintes: a distribuição de energia espectral da fonte de luz, a reflectância do objeto e as funções do observador padrão para descrever as características do sistema visual humano. Como resultado, quando a cor A e a cor B tiverem os mesmos valores de XYZ, poderíamos dizer que a cor A e a cor B têm a mesma aparência.

Outra vantagem de definir cores em valores numéricos é que podemos facilmente expressar em um diagrama com um sistema de coordenadas. E isso forma um espaço de cor. A imagem 3 mostra o diagrama de cromaticidade CIE xy de 1931, que representa todas as cores que os humanos podem perceber. No entanto, este diagrama não reflete verdadeiramente a sensibilidade do sistema visual humano. Pegue azul e verde, por exemplo. Os seres humanos são muito sensíveis ao azul e menos sensíveis ao verde: um pouco mais vermelho que reconhecemos como roxo e um pouco verde que reconhecemos como ciano. Este fenômeno não se reflete na imagem 3, diagrama de cromaticidade xe CID 1931. Como resultado, em 1976, o diagrama de cromaticidade do ¨v¨ foi proposto para refletir a sensibilidade do sistema visual humano.

Agora, você percebe a importância das cores e consegue defini-las?

Em conformidade com os padrões atuais de cores profissionais, a BenQ desenvolveu a tecnologia AQCOLOR mantendo-se fiel ao conceito: "Reprodução Precisa". (Accurate Reproduction).

A tecnologia AQCOLOR inclui as gamas de cores DCI-P3, Adobe RGB, sRGB e Rec.709. Cada um dos nossos monitores é calibrado de fábrica para obter maior precisão de cores, permitindo aos fotógrafos ver cores reais no monitor.

Os monitores fotográficos BenQ são certificados pela Technicolor (Technicolor Motion Picture) para satisfazer os requisitos dos profissionais de cor. O painel dos monitores da série SW apresenta tecnologia IPS, com profundidade de cores de 10 bits e porcentagens de cores 99% Adobe RGB, 100% sRGB e 100% Rec. 709 para precisão de cores exata na edição e retocar imagens.

Você está pronto para experimentar nossos monitores e mergulhar nessa jornada colorida?

 

operador.png

VOCÊ TEM ALGUMA OUTRA DÚVIDA?
Entre em contato conosco
faleconosco.br@benq.com

whatsapp-official-logo-png-download 11 98827 - 8538 / 11 96173 - 5253

TOP