Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies, mas também pode gerenciar as preferências.
Saiba mais
Centro de conhecimento da BenQ

O primeiro passo para uma melhor fotografia: Escolhendo um monitor "excelente"

BenQ
2018/06/30

Como entusiasta da fotografia ou até mesmo um fotógrafo profissional, além de ter lentes de câmera adequadas, excelentes habilidades fotográficas, uma linha de pensamento clara e um “olhar de fotógrafo” único, qual outro fator-chave é indispensável? A resposta é: um monitor. O “monitor” mencionado neste artigo é aquele que você coloca na sua mesa de trabalho para exibir, selecionar e editar fotografias. A qualidade do monitor é crítica para a aparência final das imagens, mas sua qualidade pode variar substancialmente. Em geral, estamos acostumados a procurar a foto na tela da câmera logo após tirar uma foto. Porém, ainda carregaremos as imagens capturadas em um computador, depois selecionaremos as imagens que gostaríamos de manter e as editaremos em um monitor grande. Você já pensou sobre isso? O monitor pode refletir a exposição e a cor de uma imagem retocada da maneira esperada? Eles geralmente não. Esse é um aspecto que a maioria dos entusiastas da fotografia negligencia. Quantas pessoas realmente refletem sobre as especificações e a precisão das cores do monitor? A resposta não deve ser difícil de adivinhar.

A qualidade de um monitor não é apenas sobre seu valor para orçamento, seu preço, sua aparência ou a saturação que o monitor pode exibir. Para identificar um monitor com excelente qualidade, os consumidores precisam fazer algumas pesquisas sobre as especificações, o material e a tecnologia envolvidos. Não se preocupe se você não é um especialista em tecnologia. Encontrar um bom monitor não é tão difícil como você imagina. Simplesmente lembre-se das diretrizes a seguir, e você não terá problemas para encontrar um monitor que atenda às suas necessidades.

Se você navegar em uma plataforma de comércio eletrônico on-line, ou visitar uma loja de varejo de eletrônicos, a primeira coisa que você notará são monitores com tamanhos diferentes. Os números 23, 24, 27, 28 e 29 polegadas parecem gritar por sua atenção. Mas o que esses números significam? O tamanho do monitor representa as dimensões de um monitor e geralmente é medido em polegadas. O tamanho de um monitor é o comprimento diagonal de sua área de exibição com a conversão de centímetros para polegadas (1 in = 2,54 cm). Monitores grandes de formato largo são a tendência atual no mercado (por exemplo, monitores de 27 polegadas; 16:9). Além de oferecer um espaço maior na tela, os monitores grandes de formato largo oferecem mais detalhes, o que é especialmente importante para fotógrafos que editam imagens regularmente. Além disso, esses monitores podem acomodar mais janelas e barras de ferramentas ao mesmo tempo em que usam software de edição, como o Photoshop, o Lightroom, o VEGAS e o iMovie. Assim, a eficiência do trabalho pode ser melhorada.

Para medir o tamanho de um monitor, basta converter o comprimento diagonal da área de exibição em polegadas. Os monitores que são a tendência atual no mercado de processamento de imagens são predominantemente monitores de 27 polegadas com uma relação de aspecto de 16:9.

A resolução é outro fator que muitas vezes não é bem entendido pelos fotógrafos ao selecionar monitores. A resolução de um monitor refere-se ao número de pixels que ele pode exibir. Qualquer imagem, foto ou texto que vemos nos monitores é composto por um denso pacote de pixels. Para monitores diferentes com o mesmo tamanho, aqueles com resoluções mais altas (mais pixels) podem exibir mais detalhes e imagens realistas e oferecer mais conteúdo.

A Resolução refere-se ao número de "pixels" contidos no visor. Um display 4K significa 3840 pixels de comprimento e 2160 pixels de largura, 4 vezes o detalhe de um Full HD.

O tamanho e a resolução do monitor são duas entidades completamente diferentes. O primeiro se refere às dimensões de um monitor, enquanto o segundo se refere a quantos pixels são exibidos. Um equívoco comum é que monitores maiores têm uma resolução maior. Infelizmente, isso não está correto. Imagine comparar um monitor de 25 polegadas com resolução Full HD (1920 × 1080) e um monitor de 23 polegadas com resolução 4K (3840 × 2160). O monitor de 23 polegadas com resolução 4K (oito milhões de pixels exibidos no monitor de 23 polegadas) oferecerá definitivamente mais detalhes. Embora o monitor de 25 polegadas seja maior, ele tem uma resolução menor (apenas dois milhões de pixels exibidos em um monitor de 25 polegadas), o que significa que a imagem exibida será pixelada. Assim, um monitor grande também requer uma resolução maior, para satisfazer tanto o efeito visual quanto a qualidade da imagem.

Pixels por polegada (PPI), ou a densidade de pixel, representa o número de pixels contidos em 1 polegada quadrada de área.

Alguma vez você já passou por isso? Você e um amigo ou cliente estão discutindo enquanto olham para uma foto em um monitor, mas descobrem que as cores são diferentes, quando vistas por ângulos diferentes? Este fenômeno é causado pelo ângulo de visão estreito. A maioria dos monitores usados para processamento de imagens incorpora um painel IPS. Comparando com painéis TN usados em produtos convencionais, ou monitores usando painéis VA, a maior vantagem do painel IPS é o ângulo de exibição de 178° que não exibe mudança de cor de diferentes ângulos de exibição. Além disso, os painéis IPS oferecem melhores amplitudes de cores e precisão. Desde a perspectiva do profissional de imagem e do entusiasta da fotografia, o monitor que usa o painel IPS é a escolha certa.

A maior falha de um painel TN é o fenômeno da predominância de cor do ângulo de exibição estreito. É inadequado para o trabalho de um fotógrafo. O painel IPS contém um ângulo de exibição ampliado de 178° e alta precisão de cor, uma primeira escolha para muitos fotógrafos profissionais.

Normalmente, há uma opção no menu da câmera para alternar entre o AdobeRGB e o sRGB, e isso é chamado de espaço de cor. O espaço de cores também é conhecido como gama de cores, a amplitude de cores que pode ser exibida. Em geral, o AdobeRGB tem um espectro de cores mais amplo comparado ao sRGB (em 35%). Do ponto de vista de um fotógrafo, um monitor que é capaz de apresentar mais cores possui uma vantagem. Porém, além de selecionar o AdobeRGB na câmera, o dispositivo de saída, como o monitor, também deve suportar o AdobeRGB. Um monitor que suporta o AdobeRGB fornece detalhes de cores mais precisos. A gama de cores AdobeRGB é capaz de cobrir o espaço de cores CMYK usado na impressão e permite que os usuários visualizem a cor da imagem impressa no monitor sem a impressão real.

O AdobeRGB tem uma gama mais ampla do que o sRGB e cobre a cor azul-verde na gama CMYK, que o sRGB não consegue acomodar.

O monitor suporta o AdobeRGB e, por sua vez, pode exibir cores mais ricas, mais semelhantes às cores na natureza.

Como a cor tem tanto significado para os fotógrafos, não devemos nos preocupar se compramos um monitor IPS, certo? Na verdade não! Qualquer monitor experimentará a degradação do brilho e a mudança de cor depois de usado por algum tempo. Quando esses problemas são ignorados, eles não apenas causam perda na qualidade da imagem, mas também exibem uma grande mudança de cor quando comparada a imagens impressas. Portanto, recomenda-se que os usuários realizem a calibração do monitor pelo menos uma vez a cada seis meses. Alguns fotógrafos que possuem padrões rígidos de cores podem até calibrar seus monitores todos os meses para garantir que as cores exibidas sejam sempre precisas.

Existem dois tipos de calibração, calibração de software e calibração de hardware. Em comparação com a calibração de software, que é limitada ao ajuste de valores RGB na placa gráfica, a calibração de hardware calibra o monitor armazenando dados diretamente no 3D-LUT dentro do monitor. As vantagens da calibração de hardware incluem: entrega de cores mais precisas e retenção do número máximo de etapas de cores no monitor, para manter a continuidade da cor e evitar o contorno.

A calibração do monitor é muito importante para o criador de imagens, é a única maneira de garantir que as cores exibidas sejam sempre precisas.

A calibração do monitor é algo que precisa ser estudado. Nem todos os entusiastas da fotografia ou mesmo os fotógrafos profissionais têm uma compreensão detalhada do assunto. Não se preocupe se você não souber nada sobre a calibração do monitor. Alguns monitores profissionais projetados para fins de imagem passaram por calibração da cor antes de chegar às prateleiras, e alguns desses monitores são entregues com um relatório de calibração da cor, o que é um bônus para fotógrafos que sabem pouco sobre calibração da cor. Além disso, recomenda-se que os usuários comprem monitores com Delta E≤2 em termos de precisão de cores. O menor valor implica uma reprodução de cores mais fiel, e isso é crítico para os fotógrafos, que são altamente sensíveis às cores.

Os monitores profissionais da BenQ passaram pela calibração da cor antes de chegar às prateleiras e são lançados com o relatório de calibração da cor.

Os parágrafos anteriores incluem critérios básicos para selecionar um monitor adequado para fins de imagem. No entanto, existem vários recursos adicionais que você pode ficar de olho. Esses recursos oferecem bônus adicionais pelo seu trabalho.

1. Proteção anti reflexo:

Você costuma ficar agitado por não conseguir enxergar corretamente quando seu monitor é colocado diretamente sob uma fonte de luz ou quando o sol está brilhando diretamente no monitor? É nesse momento que uma proteção antirreflexo é útil. Assim como um parasol, uma proteção antirreflexo do monitor bloqueia a luz ambiente dispersa para evitar que ela afete a imagem exibida no monitor e garanta brilho e cores consistentes.

Uma proteção antirreflexo bloqueia a luz ambiente dispersa para evitar que ela afete a imagem exibida no monitor.

2. Altura e rotação ajustáveis:

Para fotógrafos, que muitas vezes precisam ampliar imagens para confirmar detalhes para edição, um monitor com ajuste rápido de altura, articulação e rotação é crucial. Por exemplo, quando um grupo de pessoas olha para uma imagem em um único monitor ao mesmo tempo, ter um monitor com recursos rápidos de ajuste de altura e articulação ajuda os usuários a ajustar a posição ideal do monitor no menor tempo possível. Um recurso de ajuste de rotação permite que os fotógrafos ajustem rapidamente o monitor para uma posição vertical, que utiliza todo o espaço da tela ao editar fotos de retrato.

Um monitor com ajuste rápido de altura, articulação e rotação, que utiliza todo o espaço da tela ao editar fotos de retrato

3. Alternância versátil entre gamas de cores:

Como mencionado anteriormente, o AdobeRGB e sRGB são as duas gamas de cores mais utilizadas pelos fotógrafos. Embora o AdobeRGB seja geralmente a opção preferida, o sRGB costuma ser usado quando a imagem retocada está sendo postada apenas on-line. Quando você precisar processar duas imagens tiradas por diferentes fotógrafos, com gamas de cores diferentes, um monitor capaz de alternar entre diferentes gamas de cores permitirá que os usuários visualizem e comparem imediatamente. Isso beneficiará o fluxo de trabalho posteriormente.

Um monitor feito para fotógrafos é capaz de exibir imagens em dois modelos de gama.

4. Hotkey Puck:

Além de estar equipado com todos os recursos mencionados anteriormente, um excelente monitor profissional com uma tecla de atalho que permite ao usuário fazer mudanças rápidas nos parâmetros é uma grande vantagem. O tempo é o maior patrimônio do fotógrafo. Portanto, ter os meios para ajustar rapidamente as configurações do monitor ou alternar entre os modos aumentará definitivamente a eficiência do trabalho de um fotógrafo.

O monitor está equipado com um Hotkey Puck para facilitar a edição e melhorar a produtividade.

As dicas mencionadas acima oferecem aos entusiastas da fotografia e aos fotógrafos profissionais conselhos e alguns conhecimentos básicos sobre como selecionar um monitor adequado para o seu trabalho. Neste ponto, está claro que há muitos fatores que os consumidores devem considerar ao selecionar um monitor. Como diz o ditado, “o diabo está nos detalhes.” Embora nenhum desses conhecimentos seja profundo e complexo, dedicar tempo para compreendê-los e atualizar seu monitor, duplicará sua eficiência no trabalho.

TOP